MvP -- Rodrigo Felix -- Presente de Reclamação --

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MvP -- Rodrigo Felix -- Presente de Reclamação --

Mensagem por Convidad em Sab 6 Ago 2011 - 22:05

Rodrigo havia acabado de ser reclamado, estava em seu chalé vendo TV quando um homem se aproximou dele.
Pelo menos ele achava que era um homem. Ao chegar perto, Rodrigo notou que ele tinha uma pele transparente que deixava aparecer seu crânio, ele estava vestido como um soldado da guerra civil.
- Você precisa ir a Las Vegas, eu tenho um velho amigo lá que está com problemas com um monstro asqueroso, vá até o Cassino Bronks e mate aquela coisa - a voz dele era extremamente baixa e rouca.
Depois de dizer isso, ele saiu andando pela porta do chalé e sumiu, deixando Rodrigo com uma missão.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP -- Rodrigo Felix -- Presente de Reclamação --

Mensagem por Rodrigo Felix em Dom 7 Ago 2011 - 10:39

vendo aquele homem com o cranio a amonstra persebir que era um servo de meu pai então eu fui perparar as minhas coisas para ir ate o cassino.fui ate o meu quarto e botei na muchila minha faca de bronze, um canivete,alguns dracmas, sanduiches e outra roupa caso eu precise.depois fui dorme quando deu 2h horas da manha pegeui minhas coisas e sai bem devagazinho do chale para não acordar ninguem antes de sai olhei para os lado para ver si ninguem vinha, quando eu estava indo em direção ao portão vi no chão pedaços de lanças quebradas algumas com pontas e outras não, mas decidi pegar nunca se sabe quando precisar de uma lança.cheguei ao portão e fiquei parado derrepente falei:



- “Pare, Carruagem da Danação”.

Então atirei a moeda na rua e o dracma afundou e desapareceu e no lugar onde a moeda desapareceu, um líquido vermelho com sangue começou a borbulhar irrompendo um carro daquele lado. Era um táxi cinza-escuro.

Dentro do táxi havia três senhoras sentadas no banco da frente: Vespa, Ira e Tempestade. Elas só tinham um olho para as três.



falei:

-alo senhoras ate las vergas e rapido.



então saimos em alta velocidade em direção a las vegas.como eu tinha alguns pedaços de lança (7 pedaços de lança 3 com ponta e 4 sem ponta) decidi afiar os pedaços que estavam sem ponta com o meu afiado canivete.depois de um bom tempo peguei no sono ja que eu estava cansado não constumo acorda cedo.

depois de eu ter acordado percebi que elas ainda continuaram a brigar entre si para decidir quem vai ficar com o olho, mas deixei isso pra la então usei o meu poder passivo de me comunicar com os javalis.



falei em minha mente:

-se alguem me escultar va ao meu encontro no cassino Bronks em las vegas o mais rapido possivel.



depois de algum tempo cheguei a las vegas e pedi para elas pararem um quarteirão antes.deci e falei:

-obrifgado senhoras aqui a pouco volto a chamar voces denovo e por favor parem de brigar e cheguem mais cedo.



falo isso com um sorriso sarcartico, depois fecho a porta e o carro desapareci.



-hora de enfrentar o monstro.falei com uma voz tremula.

depois fui entrando pelo cassino persebi que não tinha niguem la estava tudo deserto e tudo bagunçado entre devagar com dois pedaços de lança nas minhas duas mãos.Ate eu escultar um grito de uma mulher correndo em desespero ai eu fui correndo mi esconder de traz do bar do cassino quando ela passou peguei ela e botei minha mão sobre sua boca .ela estava tremendo e seus olhos cheios delagrimas falei:

-calma onde esta ele?

ela responder com os olhos apontando para a esquerda.

-vou soltar sua boca certo

ela respondeu balançando a cabeça da esquerda para direita era um sinal que eu não poderia ainda soltar que ela ainda poderia gritar.

de repente escultei o monstro falar ele dizia:

-quero os meus bonecos.

gritava sem parar.não tive coragem de olhar para ele mesmo ele estava de costas.quando ele voltou para dentro peguei a mulher e levei ela ate a porta do cassino so que ela estava fechada (ach que foi o monstro que a fechou quando ele persebeu que seu briquedo(a mulher)tinha fugido).então voltamos para detraz do bar falei para ela que precisava confiar em mim e mi ajudar que isso não seria algo facil ela responder com um balanço de cabeço para cima e para baixo dizendo que sim.

ate que eu escultei um barulho mais diferente de um animal era o javali que eu tinha chamado teepaticamente perguntei a ele como ele entrou ele falou que tinha uma pequena entrada que tinha o tamanho dele chei que poderia ser tambem do tamanho dela mais isso ficaria para depois pedi a ela que ela melasse com conhaque a metade das lanças improvisadas que eu tinha feito depois que melamos ela peguei duas uma para cada braço então pedi que ela ficasse ali de traz do balcão e falei para o javali começar a Grunher bem alto para chamar a atenção do monstro então ele fez foi ate o meio do cassino e começou a grunher bem alto e monstro veio na direção dele colando:

-meu briquendo.

quando o monstro viu o javali saiu correndo na direção dele e o javali foi para a entrada onde ele tinha entrado.e o monstro estava tentando peg-lo mais como ela era grande não conseguia de repente me levantei do balcão e usei minha habilidade(poder ativo) de conseguir acerta tres atauqe de uma so vesz então lançei a lança e consegui acerta-lo ele deu um grunido estrondozo:

-aaaaaaaaaarrrrrrrrrggggggggggggggggggggggg............................

ele se firou e eu mi abaixei rapidamente ele veio em direão a bar com a lança nas suas costas e para nos defender o javali começou a correr e grunher bem alto ate chamar de novo a atenção do monstro e ele saiu correndo em direção ao javali e eu me levante e joguei de novo outra lança e acertou ele, ele parou e descansou ficou parado.depois eu desci e pegeui outra mais duas lançar.me levante e arremeçei so que ee desviou mais ela pegou de raspão e fez um pequeno arranhão.ele veio correndo em miha direção e eu so tinha uma lança.sai correndo pro outro lado para proteger a garota efui me esconder dentro do buraco que o javali entrou ele estav com tanta raiva que parecia que ele iria me pegar ate que a garota começou a cantar.

-dorme nene que a cuca vem pegar o papai foi pra roça..............

ai o monstro foi em sua direção e pegou ela com uma mão dizendo:

-meu brinquedinho.

logo em seguida sai devagar com alança na mina mão de repente ela esfaquio a mão dele com a minha faca de bronze e ele derrubou ela no chão em seguida eu enfie a lança na perna esquerda dele .não tive tempo de sair e ele me empurrou uns dois metros e cai no chão com uma pequena dor o javali saiu correndo em direção a ele e deu uma chifrada no monstro, o monstro deu um chute nele e ela saiu voando ate bater em uma parede.quando eu estava no chão peguei qualquer coia que vi e fui correndo em direção a ele com muita raiva em perseber o que tinha na minha mão ele viu minha presença e tentou de esmagar com a mão dele consegui desviar e enfie em seu coração um pedaço de pau cai no chão com ele grunindo de dor:

-aaaaaaaaaggggggggrrrrrrrrrrrrrrrrr...................

-morre desgraçado.

falei rindo e ele caiu no chão morto.pequei um esqueiro e joguei nele e ele pegou fogo depois de um tempo ele desapeceu sobrado os cinzas .

pequei a menina e ajudei ela depois sai correndo em direção ao javali corajoso ele estava um pouco ferido mais vivo.

abri um sorriso e disse:

-voce é bem corajoso

-obrigado aos dois.disse a menina

sabe onde estão os outros?

-sim estam trancados ali

-vamos solta-lo

depois disso tudo salvamos todos e pegeui minha coisas e meu javali e voltei para o acampamento com o javali no taxi das senhoras.ele ja estava bem mais precisa se recuperar voltei ao chale e fui descansar e ele ficou perto de mim ao meu lado.
avatar
Rodrigo Felix
Campista normal
Campista normal

Mensagens : 52
Data de inscrição : 06/08/2011
Idade : 21
Localização : acampamento meio-sangue

Ficha do Meio Sangue
HP:
160/160  (160/160)
Energia:
160/160  (160/160)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP -- Rodrigo Felix -- Presente de Reclamação --

Mensagem por Convidad em Dom 7 Ago 2011 - 11:02

Depois de chegar em seu chalé, Rodrigo se sentou no sofá. Ele estava vendo TV quando um homem muito alto e musculoso apareceu na porta do chalé, era Ares.
Ao ver o filho, Ares abriu um sorriso e foi para a frente dele.
- Parabéns, gostei de ver como matou aquele ciclope. Você vai ganhar dois presentes meus, você mereceu.
Após dizer isso, o Deus saiu andando para a porta do chalé e se desfez em névoa vermelha.
Minutos depois da aparição do Deus, o javali que havia ajudado Rodrigo na missão apareceu do lado dele com uma espada nas costas.
A lâmina da espada era vermelho sangue, e tinha o nome de Ares escrito. Sua guarda era negra e tinha uma caveira com um rubi na boca.
Quando Rodrigo pegou a espada em suas mãos, ela adquiriu um brilho vermelho intenso que logo se extinguiu, e ela voltou ao normal. Fagulhas de eletricidade estavam saindo da lâmina.
Depois de ver o dono com a nova arma, o javali esfregou a cabeça na perna de Rodrigo afetuosamente e saiu correndo para a floresta, infelizmente ele não poderia ser domado para ficar no acampamento.

Recompensas ganhas:

- 300 dracmas
- 200 de exp
- Benedictus (uma espada vermelho sangue com a guarda que é uma caveira com um rubi na boca, presente de reclamação, ela é eletrificada)


------------------------------------------------------------------------------------------------

Ps: Rodrigo, você fez uma missão narrativa, mas você precisa fazer missões normais, por isso leia as outras missões para ter uma base.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP -- Rodrigo Felix -- Presente de Reclamação --

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum